Blog Realizarte Palestras

Falando de Saúde, Segurança do Trabalho e Motivação!

O que é medicina preventiva

Medicina preventiva: como ela agrega valor a segurança do trabalho?

SIPAT online

Independente da finalidade e dos objetivos que se deseja alcançar, práticas preventivas são sempre a melhor opção. Isso porque, a prevenção nos leva a ter um olhar estratégico para o futuro, pensando em possibilidades de risco, que nos ajuda a ter um caminho mais assertivo.

Na segurança do trabalho não é diferente. Prevenir é sempre o melhor caminho para evitar acidentes de trabalho e doenças ocupacionais.

Com esse objetivo, a medicina preventiva nas empresas exerce papel fundamental, pois promove recursos para que os colaboradores estejam saudáveis, resultando em tarefas diárias com maior êxito.

Dessa forma, neste post, veja como a medicina preventiva agrega valor e segurança ao ambiente de trabalho. Confira o que você vai encontrar, nesta leitura:

  • Importância da medicina preventiva
  • Boas práticas
  • Como implementar

Importância da medicina preventiva

Segundo uma pesquisa, publicada pela Havard Business Review, 50% dos custos no setor de saúde são provenientes de doenças crônicas. Já os episódios agudos seguem com 35% de gastos, enquanto o investimento com medicina preventiva fica com a média de 5% a 14%.

Esse é um dado fundamental para entender a importância da medicina preventiva, nas empresas, pois através dela é possível tratar patologias e promover a saúde, evitando casos de emergência e riscos no desenvolvimento de doenças ocupacionais.

Assim, a medicina preventiva antecipa os riscos, conscientizando o cultivo de hábitos saudáveis. Por isso, é uma forma eficientes de promover integridade mental e física dos trabalhadores, proporcionando benefícios tanto para a empresa como para os colaboradores. Entre os principais benefícios estão:

– Redução de gastos com doenças;

– Menor taxa de absenteísmo;

– Maior produtividade;

– Melhora da imagem da empresa;

– Maior atração de novos talentos;

– Funcionários mais motivados;

– Maior produtividade;

– Saúde e bem-estar dos funcionários;

– Prevenção de vidas.

Dinâmicas para SIPAT

É importante salientar que muitas doenças são provenientes de maus hábitos alimentares, estresse e sedentarismo. Sendo que esses problemas afetam não só o trabalhador, mas todas as suas relações diárias, já que seu desempenho, humor e atenção podem ser impactados.

Dessa forma, adotar boas práticas, com a adesão da medicina preventiva, resulta em benefícios para os trabalhadores e para a empresa. Veja quais são essas práticas, acompanhando a leitura.

Boas práticas

Para fazer a implementação da medicina preventiva, existem práticas que podem ajudar. Algumas, envolvem o uso de ferramentas e softwares de gestão que controlam e mapeiam a situação geral da empresa.

Isso facilita a criação de estratégias assertivas para a prevenção. Separamos as principais práticas:

– Levantamentos de dados: é fundamental entender informações pertinentes à rotina dos colaboradores. Por isso, fazer um levantamento de consumo de álcool, práticas esportivas ou histórico de doenças, por exemplo, pode ajudar nas intervenções.

– Planejamento de estratégias: a partir dos dados levantados, a empresa poderá traçar perfis. Dessa forma, será possível ter maior visibilidade dos casos que merecem mais atenção e quais intervenções são necessárias para fomentar o cuidado.

Um exemplo, é a implementação de programas educacionais sobre hábitos saudáveis ou parcerias com professores de ginástica e academias.

Como implementar

Após planejar as estratégias, chega o momento de colocar os planos em prática. Para isso, algumas ações podem ser elaboradas, visando a necessidade da equipe.

Com intuito de implementar a cultura da prevenção entre os colaboradores, a empresa poderá:

– Disponibilizar plano de saúde;

– Disponibilizar plano odontológico;

– Promover momentos de ginástica laboral, no ambiente de trabalho;

– Fomentar consultas com psicólogo, sobretudo, para os funcionários que tem uma rotina estressante;

–  Fazer o acompanhamento adequado de colaboradores expostos em atividades de risco;

– Investir em cursos e palestras sobre normas, segurança, bem-estar e saúde no ambiente de trabalho.

Portanto, ter uma estratégia para difundir a medicina preventiva é o caminho ideal para conseguir uma empresa mais produtiva, com funcionários mais saudáveis.

E você? Quer promover a cultura da saúde e segurança em sua empresa? Então, fale com a Realizarte e conheça nossas palestras, com dinâmicas e mágicas, que ensinam práticas de prevenção. Estamos te esperando!

Quer receber conteúdos de qualidade?

Inscreva-se em nosso newsletter e seja o primeiro a receber todas as novidades que surgirem por aqui em seu e-mail!

Segurança do trabalho Guia passo a passo para montar a SIPAT
, , ,
Luminosidade no trabalho: qual a importância para o ambiente?
Estabilidade na CIPA: entenda de uma vez como ela funciona

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu