Blog Realizarte Palestras

Falando de Saúde, Segurança do Trabalho e Motivação!

O que é luminosidade no trabalho

Luminosidade no trabalho: qual a importância para o ambiente?

SIPAT online

Garantir a saúde e bem-estar dos funcionários deve ser sempre uma das principais prioridades para as empresas. Isso porque, as pessoas são o principal capital para realizar os objetivos da empresa, merecendo atenção para aliar a qualidade de vida, saúde e resultados positivos nos negócios.

Nesse sentido, muito se fala em acidentes de trabalho e manuseio de equipamentos de risco, mas muitos esquecem de ter um olhar analítico sobre a luminosidade no ambiente de trabalho.

A observação desse fator é fundamental, pois tanto a falta de luminosidade quanto o excesso podem comprometer o desempenho do colaborador. Sem falar que existem parâmetros estabelecidos pela NR-17, a respeito do assunto, que precisam ser seguidos.

Dessa forma, trouxemos os principais aspectos que devem ser observados sobre a importância da luminosidade no trabalho, o que a NR-17 aponta e quais práticas devem ser seguidas para garantir uma luminosidade adequada para sua equipe. Veja o que você vai encontrar:

  • Luminosidade no trabalho: o que a NR-17 estabelece?
  • Qual a importância de uma boa iluminação?
  • Encontrando a iluminação ideal

Luminosidade no trabalho: o que a NR-17 estabelece?

Segundo a NR-17, todos os locais de trabalho devem conter iluminação adequada, seja ela artificial ou natural. A norma sinaliza com informações relativas à iluminação geral ou suplementar.

Para a iluminação geral, deixa claro que deve ser uniformemente distribuída. No entanto, tanto a iluminação geral como a suplementar deve ser projetada evitando ofuscamentos, reflexos que causem incômodos, contrastes excessivos ou sombras.

A NR-17 enfatiza que os níveis mínimos de iluminação são os valores de iluminâncias estabelecidos na NBR 5413, norma brasileira registrada no INMETRO. Assim, a medição dos níveis de iluminação deve ser feita no local em que se realiza a tarefa visual, com o auxílio de luxímetro com fotocélula corrigida, para a sensibilidade do olho humano.

Além disso, a norma enfatiza que a iluminação deve ser apropriada de acordo com a natureza do trabalho. E quando não puder ser definido o campo de atividade, deve-se ter um plano horizontal a 0,75m do piso.

Qual a importância de uma boa iluminação?

Um dos principais motivos para priorizar a luminosidade no trabalho é que, esse simples procedimento, pode ser capaz de reduzir significativamente os riscos de acidentes no ambiente de trabalho.

Com o campo de visão claro, fica muito mais fácil perceber quando algo não está no local correto, falhas de segurança ou qualquer questão que ameace a segurança do local.

Além disso, uma iluminação de baixa qualidade influencia no rendimento dos funcionários, sobretudo nos que trabalham com digitação, podendo ter dificuldade em enxergar o teclado. Isso leva a demora da execução das tarefas e complicações futuras na visão do colaborador, como vistas cansadas e outros problemas, que exigem tratamento com lentes específicas.

Dinâmicas para SIPAT

Dessa forma, é importante lembrar que estratégias para manter a luminosidade no trabalho, com qualidade, mantém a segurança e conforto daqueles que são os principais responsáveis pela entrega do serviço/produto de sua empresa.

Sem falar que, manter um ambiente de trabalho sem a iluminação adequada, vai contra os parâmetros instituídos na NR-17.

Encontrando a iluminação ideal

Como já mencionamos aqui, a iluminação adequada irá variar de acordo com a atividade exercida e com o ambiente utilizado.

Contudo, algumas dicas podem te ajudar a garantir que a iluminação de sua empresa esteja em conformidade com o bem-estar que todos os funcionários precisam. Veja o que fazer:

– Aproveite toda luz natural que estiver disponível entre portas, janelas e vidros do ambiente;

– Opte sempre por utilizar tons claros nas paredes;

– Use lâmpadas com cores frias, como branca ou azul, evitando cores amareladas;

– Utilize um luxímetro, aparelho digital que mede a luminosidade e intensidade de luz nos ambientes;

– Use luminárias suspensas, pois deixam o ambiente mais iluminado;

– Leve em consideração outros tipos de luzes do ambiente, como do computador ou outras máquinas, pois é preciso evitar excessos.

Gostou dessas dicas? Então, coloque tudo em prática, priorize o bem-estar em sua empresa e se mantenha informado sobre assuntos relacionados, em nosso blog.

Quer receber conteúdos de qualidade?

Inscreva-se em nosso newsletter e seja o primeiro a receber todas as novidades que surgirem por aqui em seu e-mail!

Segurança do trabalho Guia passo a passo para montar a SIPAT
, , ,
Normas Regulamentadoras: 6 motivos para coloca-las em prática
Medicina preventiva: como ela agrega valor a segurança do trabalho?

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu