Blog Realizarte Palestras

Falando de Saúde, Segurança do Trabalho e Motivação!

oque faz a CIPA

CIPA: quais as atividades principais exercidas pela comissão?

SIPAT online

Vejo que as empresas que se preocupam com o bem-estar e saúde de seus profissionais, sempre estão dispostas a promover ações que tornem o ambiente de trabalho seguro e confortável.

Esse cuidado deve partir dos empregadores, mas também de toda a equipe, pois, para ter um ambiente seguro, todos nós precisamos de engajamento e contribuição.

É nesse sentido que a CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) atua nas organizações. Com a CIPA é possível ter uma empresa mais segura, resguardando a saúde do trabalhador e garantindo um trabalho mais produtivo.

Quer saber o motivo? Então, acompanhe esse conteúdo, pois vou te mostrar quais as principais atividades exercidas pela comissão e quais são os benefícios que ela traz.

Veja o que eu trouxe neste artigo:

  • O que é a CIPA?
  • Principais atividades da comissão
  • Benefícios para empresa e para o trabalhador

O que é a CIPA?

A CIPA é uma exigência do governo, que através da Lei Federal nº 6.514 de 1977, a qual altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), as empresas devem constituir uma comissão.

A Norma Regulamentadora nº 05 estabelece as diretrizes para a CIPA, que deve ter como objetivo reduzir acidentes e doenças que estejam ligadas às atividades do trabalho.

Sobre a obrigatoriedade, todas as empresas com mais de 19 funcionários precisam ter a comissão. Porém, mesmo em organizações menores é necessário que haja, pelo menos, um funcionário responsável para cumprir os mesmos objetivos.

A comissão deve ser composta por representantes dos empregadores e dos empregados, através de eleição com voto secreto. Entre os membros devem ser escolhidos presidente, vice-presidente, secretário e suplentes. O mandato dos eleitos tem duração de um ano com possibilidades de reeleição.

Principais atividades da comissão

Para prevenir os acidentes no ambiente de trabalho, existem algumas funções destinada à comissão, as quais considero fundamentais. Vejamos as principais atividades da CIPA:

– Criar um mapa de risco: essa é uma das principais tarefas que ajuda a diminuir os números de acidentes de trabalho. Criar um mapa de riscos nos ajuda a enumerar os problemas no ambiente, bem como enxergar e discutir as possibilidades de solução.

Para isso, precisamos levar em consideração a jornada de trabalho, o perfil dos trabalhadores, as atividades executadas, ferramentas que utilizam, ambiente e qualquer outro fator que possa interferir na saúde e segurança.

Dinâmicas para SIPAT

Com esse controle, fica mais fácil estruturar soluções assertivas para a empresa, que atendam às necessidades específicas do ramo em que atuamos.

– Promover a SIPAT: a Semana Interna de Prevenção de Acidentes de Trabalho é uma das ações da CIPA. Esse evento busca conscientizar os colaboradores da organização sobre os riscos que as atividades executadas apresentam.

Nesse evento, a CIPA utiliza metodologias que tornem esse assunto mais leve e dinâmico, como gincanas, palestras, treinamentos e outras atividades que, além da conscientização, promovem a integração entre os participantes.

O evento deve ocorrer durante uma semana, uma vez ao ano.

– Ministrar treinamentos: fora da SIPAT, também é função da CIPA promover treinamentos para engajar a equipe nos cuidados da saúde e prevenção de riscos.

– Interagir e motivar a equipe para seguir os procedimentos de segurança: na rotina diária, o acompanhamento de todo ambiente e funcionários é essencial. Por isso, cabe à comissão disseminar a cultura da prevenção de riscos, motivando os funcionários a seguirem os procedimentos de segurança.

Benefícios para empresa e para o trabalhador

Muitas vezes pensamos que, quando o assunto é segurança do trabalho, apenas os trabalhadores retiram vantagem.

Porém os empresários conseguem ter muitos benefícios. O primeiro é o aumento da produtividade, pois um ambiente seguro propicia funcionários mais motivados, saudáveis, com poucas possibilidades de afastamento ou faltas por motivos de saúde.

Além disso, reduz gastos com indenizações, coberturas médicas e medicamentos. Não podemos esquecer que não estar em conformidade com a segurança do trabalho também implica multas para a empresa e até processos na justiça.

Para o trabalhador é indiscutível que um ambiente mais seguro o tornará mais disposto, preparado e protegido, amparado nos quesitos de segurança que irão resguardar seu maior bem: a vida.

Gostou? Quer que eu te ajude com a segurança da sua equipe? Então, continue me acompanhando no blog, para ter dicas novas sobre prevenção no trabalho.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog do Cipinha, onde você pode encontrar centenas de conteúdos sobre saúde e segurança do trabalho.

Quer receber conteúdos de qualidade?

Inscreva-se em nosso newsletter e seja o primeiro a receber todas as novidades que surgirem por aqui em seu e-mail!

Segurança do trabalho Guia passo a passo para montar a SIPAT
, ,
Retenção de talentos: 5 razões pelas quais bons funcionários se demitem
Como os líderes podem se comunicar melhor com a equipe de trabalho?

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu