Blog Realizarte Palestras

Falando de Saúde, Segurança do Trabalho e Motivação!

Como fazer a retenção de talentos

Retenção de talentos: 5 razões pelas quais bons funcionários se demitem

SIPAT online

O mercado em constante mudança, com diversas novidades tecnológicas, também se tornou mais competitivo. Hoje, clientes querem ter as melhores experiências, escolhem as melhores empresas e priorizam as que entregam o melhor resultado.

Essa não é uma tarefa fácil e depende, de forma direta, de bons talentos. Sobre isso, um estudo citado pela McKinsey comprovou que pessoas de talento superior conseguem ser até oito vezes mais produtivas do que uma pessoa de médio desempenho.

Porém, para ter profissionais qualificados e comprometidos com os ideais do negócio é essencial que haja ações de valorização, pois eles serão os impulsionadores das estratégias do negócio.

E montar um processo seletivo não é tudo que garante esses talentos. Estamos no momento em que os profissionais têm valorizado o que a empresa irá oferecer, para sua jornada profissional. Isso vai além de um bom salário, pois outros fatores são mais relevantes para essa geração.

De fato, estamos no momento em que os profissionais escolhem os ambientes acolhedores, com gestões eficientes e que impulsionam o crescimento, tanto no âmbito pessoal, como profissional.

Nesse contexto, inúmeros motivos podem resultar no pedido de demissão de talentos fundamentais na empresa. Neste post, confira as 5 principais razões pelas quais bons funcionários se demitem:

  1. Clima Organizacional
  2. Falta de plano de carreira
  3. Processos arcaicos
  4. Salário baixo e poucos benefícios
  5. Gestão ineficiente
  1. Clima Organizacional

Na maioria das funções, passamos mais tempo no ambiente de trabalho do que na própria casa. Por isso, o ambiente de trabalho deve ser acolhedor, agradável e inclusivo.

Empresas com um contexto de assédios, abusos, falta de flexibilidade na jornada do trabalhador e com cobranças excessivas, tornam a rotina de trabalho pesada e desgastante.

Esse é um dos principais motivos para que bons funcionários não se reconheçam no ambiente.

Uma saída para esse problema é colher feedbacks constantes. Mas não basta apenas ouvir os funcionários. Esteja atento às dores dos colaboradores, demonstra que a liderança está aberta à escuta e a promover estratégias que possam melhorar o clima organizacional.

Através dessas opiniões fica mais fácil avaliar as condutas na empresa, a fim de promover estratégias de retenção de talento.

  1. Falta de plano de carreira

Uma das piores sensações é a de estar estagnado, sem possibilidades de crescimento e novos desafios. Sobretudo, para profissionais talentosos.

Imagine que para ser qualificado, em qualquer área, é preciso dedicação, estudo, atualizações constantes e atenção em todos os processos das tarefas de trabalho.

Por isso, bons profissionais querem ter a oportunidade de alcançar novos desafios, crescer dentro da empresa e mostrar ainda mais o seu potencial. E

Em um trabalho sem um plano de carreira estruturado, dificilmente isso irá acontecer, tornando um bom profissional desmotivado e se sentindo sem possibilidades de se desenvolver.

Esse fator é uma das principais falhas na organização, gerando muitas demissões. Assim, vale a pena rever o plano de carreira da empresa, reestruturá-lo ou criá-lo.

  1. Processos arcaicos

No mundo das constantes transformações e inovações, empresas ultrapassadas não só perdem clientes como funcionários. E isso não diz respeito apenas ao uso de tecnologias digitais, mas também no sentido das políticas internas aplicadas.

Existem empresas que ainda operam com um processo tão arcaico, que só limita os colaboradores. Um exemplo simples, são gestores que negam o pedido de um colaborador para uma folga ou saída mais cedo, mesmo com poucas demandas.

Algumas empresas ainda desejam que seus funcionários fiquem no escritório mesmo com demandas adiantadas. Além disso, existem ambientes que não permitem o uso do celular, redes sociais ou até conversas entre a equipe.

Dinâmicas para SIPAT

De certo, tudo deve ser feito com moderação. Não é correto passar a jornada de trabalho em uma rede social, deixando as responsabilidades de trabalho em segundo plano.

Entretanto, em dias de baixa demanda, por que não permitir? Por que não adotar horários mais flexíveis?

Todas as pessoas também possuem vida pessoal e, quando isso é reconhecido pela empresa, os funcionários se tornam muito mais motivados.

  1. Salário baixo e poucos benefícios

Apesar de o fator financeiro não ser o principal, ninguém deseja ganhar pouco. Bons profissionais almejam o sucesso profissional de atuar no que gostam, mas de também serem recompensados, de forma justa.

Empresas com valores abaixo do mercado, com poucos benefícios e sem perspectivas de mudar esse quadro, correm sérios riscos de perder seus colaboradores para negócios que valorizem a equipe em todos os aspectos.

  1. Gestão ineficiente

Por fim, a última razão que trouxemos é a gestão ineficiente. Muitas vezes, o colaborador gosta de seu trabalho, da empresa, da sua remuneração, mas percebe limitações devido a uma gestão ineficiente, sem transparência e sem incentivos.

Por isso, é importante que os gestores busquem uma comunicação eficiente com a equipe, que esqueça modelos autoritários e vise a humanização na gestão.

Para te ajudar na retenção de talentos, colocamos algumas dicas aqui:

– Ter um plano de carreira bem estruturado e de alcance real na empresa;

– Oferecer remunerações justas, compatíveis com o mercado;

– Oferecer treinamentos e opções de crescimento profissional;

– Alocar o profissional de acordo com suas aptidões;

– Cultivar o feedback constantemente para reverter frustrações;

– Ser flexível com as necessidades do colaborador;

– Prezar pela saúde e qualidade de vida do funcionário;

– Manter um ambiente de trabalho tranquilo.

A partir de iniciativas que deixam seus colaboradores mais satisfeitos, inegavelmente a empresa, como um todo, também terá mais satisfação.

Portanto, invista em uma excelente comunicação com sua equipe. Entenda o que eles buscam, quais os anseios, os pontos de melhorias na empresa, bem como no desenvolvimento pessoal dos colaboradores.

Uma dica são os cursos e palestras da Realizarte que ajudam no desenvolvimento pessoal e profissional da equipe, promovendo interação e segurança no ambiente de trabalho. Saiba mais sobre nossa equipe e serviços.

Quer receber conteúdos de qualidade?

Inscreva-se em nosso newsletter e seja o primeiro a receber todas as novidades que surgirem por aqui em seu e-mail!

Segurança do trabalho Guia passo a passo para montar a SIPAT
, ,
Assédio no trabalho: como ele pode acontecer?
CIPA: quais as atividades principais exercidas pela comissão?

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu