Blog Realizarte Palestras

Falando de Saúde, Segurança do Trabalho e Motivação!

Ambiente de trabalho seguro: como elaborar um treinamento de integração

SIPAT online

Um ambiente de trabalho seguro e livre de acidentes é o objetivo de toda empresa que se preocupa com a continuidade dos negócios e saúde dos seus funcionários.

Diante disso, é de suma importância que todos os colaboradores sejam treinados desde a sua chegada na corporação para as suas atividades cotidianas.

Entretanto, muitas vezes é difícil para os gestores encontrar formas corretas de inserir novas mentes na cultura de ambiente seguro da empresa.

Principalmente quando as atividades voltadas para a saúde e segurança do trabalho são bem estabelecidas.

E aí, como lidar com essa situação?

Bem, diante de um cenário comum como esse, trouxemos nesse artigo dicas valiosas para a elaboração de um treinamento de integração de sucesso.

  • O que é o treinamento de integração?
  • Quem deve ministrar o treinamento de integração?
  • Conteúdos que devem ser abordados no treinamento de integração
  • Como elaborar um treinamento de integração

Acompanhe a leitura e dê um salto na sua estratégia!

O que é o treinamento de integração?

O Treinamento de Integração em segurança do trabalho se trata do momento em que a empresa apresenta aos novos colaboradores os aspectos de segurança e saúde do trabalho.

Assim, como todos nós sabemos, existem diversos procedimentos de segurança que devem ser seguidos durante a execução do trabalho.

Por isso, o treinamento de integração traz um aparato geral sobre todas as atividades e setores da empresa.

Por se tratar de um treinamento introdutório, a integração deve ser ministrada logo na admissão do funcionário, momento em que ele iniciará as atividades da empresa.

Mas atenção: o treinamento só pode ser realizado após a contratação do empregado e deve ser ministrado durante o horário normal de expediente!

Atualmente, a legislação brasileira de Segurança e Saúde do Trabalho (SST) não exige expressamente a realização de Treinamento de Integração em Segurança do Trabalho.

Entretanto, a NR-18 diz que “Todos os empregados devem receber treinamentos admissional e periódico, visando a garantir a execução de suas atividades com segurança”.

Nesse sentido, para atender os atender diversos requisitos legais, o treinamento de integração acaba por se tratar na verdade de um treinamento admissional.

Além disso, a NR-9 do Ministério do Trabalho, também fala sobre a obrigatoriedade de o empregador informar aos trabalhadores sobre os riscos que possam se originar nos locais de trabalho.

Por isso, juntando o útil ao agradável, o treinamento de integração consegue abraçar as necessidades tanto da NR-9 quanto da NR-18.

Quem deve ministrar o treinamento de integração?

Até então, a legislação de saúde e segurança do trabalho não estabelece quem deve ministrar o Treinamento de Integração.

Entretanto, a recomendação é indicar um profissional de segurança do trabalho.

Afinal, esse colaborador lida diariamente com as questões relacionadas ao ambiente de trabalho seguro.

Caso o Técnico em Segurança do Trabalho não esteja disponível, o curso pode ser ministrado pelo designado da CIPA.

Há empresas que buscam consultorias especializadas em segurança e saúde do trabalho, uma opção que é bastante viável, tendo em vista a expertise no ramo.

Conteúdos que devem ser abordados no treinamento de integração

No treinamento de integração, o novo colaborador deve conhecer os principais riscos ambientais nos quais ele pode estar exposto durante a execução das atividades.

De forma geral, alguns conteúdos podem funcionar para toda a empresa, visto que são assuntos de interesse geral.

Entretanto, o treinamento deve ser personalizado para cada empresa, setor e função.

Bem, como citamos anteriormente, o treinamento de integração pode ser visto como um treinamento admissional.

Nesse sentido, a NR-18 traz algumas orientações.

Veja:

– 18.28.2 – O treinamento admissional deve ter carga horária mínima de 6 (seis) horas, ser ministrado dentro do horário de trabalho, antes de o trabalhador iniciar suas atividades, constando de:

Dinâmicas para SIPAT
  1. a) informações sobre as condições e meio ambiente de trabalho;
  2. b) riscos inerentes a sua função; 
  3. c) uso adequado dos Equipamentos de Proteção Individual – EPI;
  4. d) informações sobre os Equipamentos de Proteção Coletiva – EPC, existentes no canteiro de obra. 

– 18.28.4 – Nos treinamentos, os trabalhadores devem receber cópias dos procedimentos e operações a serem realizadas com segurança.

Como elaborar um treinamento de integração

Agora que você entendeu sobre o que deve ser abordado em uma integração, trouxemos para você dicas para a execução desse treinamento na sua empresa.

Siga as orientações da sequência abaixo para elaborar o treinamento de integração:

1. Comece pela história da empresa

Realize um breve resumo sobre como a empresa nasceu, área de atuação, filiais, etc.

2. Apresente a política de segurança da empresa

Mostre que a empresa se preocupa com o bem-estar dos funcionários prezando pela segurança do trabalho, sendo essa uma obrigação de todos.

3. Dê o propósito do treinamento explicando o objetivo dele

Mostre para os novos colaboradores a importância de ter o treinamento.

4. Explique o que é segurança do Trabalho

Apresente a segurança do trabalho como uma área que tem como objetivo promover a proteção do trabalhador, visando a redução de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais

5. Explique o que é acidente de trabalho

Mostre do que se trata um acidente de trabalho e como ele pode ocorrer.

6. Apresente informações sobre as condições e meio ambiente de trabalho

Esse tópico pode ser elaborado mostrando informações gerais sobre os riscos no ambiente.

7. Apresente os riscos inerentes a função exercida

Nesse momento, evite termos técnicos demais!

É de suma importância que os colaboradores consigam compreender de forma clara os riscos inerentes a cada função.

Esse é um dos tópicos que você deve dedicar mais atenção e tempo explicando.

8. Apresente os EPI’s – Equipamentos de Proteção Individual

Mostre a função dos EPIs e apresente a maneira correta de usar.

Vale lembrar para os treinados a importância do uso de EPI’s e as consequências do não uso.

 9. Apresente os EPC’s – (Equipamentos de Proteção Coletiva)

Mostre o que é EPC, a importância deles, e oriente sobre como conservar os que já estão instalados na empresa.

10. Finalize o treinamento pedindo a colaboração de todos

Ao final, agradeça a atenção e mostre que todos dentro da empresa são responsáveis pela saúde e segurança do trabalho.

Por isso, é de suma importância que todos colaborem para um ambiente de trabalho seguro.

Ah, e deixe um tempo para dúvidas e observações dos colaboradores.

A participação deles é muito importante para a finalização de um treinamento de integração de sucesso!

Dica extra para um ambiente de trabalho seguro!

Mude a forma como as pessoas enxergam os riscos do ambiente de trabalho, nós te ajudamos!

A Realizarte dispõe de um treinamento focado em mudar a forma como as pessoas percebem os riscos do ambiente de trabalho! E se você chegou até o final desta leitura acreditamos que o seu objetivo seja eliminar os acidentes de trabalho.

Portando, queremos te oferecer um conteúdo incrível para complementar o seu treinamento de integração! E o melhor, aproveitar 80% de desconto! Mas calma, antes veja o que você irá receber:

– Acesso ao treinamento “Mudando a forma de perceber riscos” (capacitação para ministra-lo);

– Pacote com 65 dinâmicas com instruções e aplicações em SST;

– Pacote com 50 DDS prontos com apresentações em PowerPoint personalizados.

Clique aqui para adquirir o treinamento!

Precisa de ajuda mais ajuda com treinamentos?

Trabalhamos com a capacitação e desenvolvimentos dos trabalhadores, fortalecendo a cultura da segurança.

Nossos treinamentos permitem que assuntos complexos sejam assimilados, de forma simples, objetiva e divertida.

Entre em contato e entenda como promover segurança do trabalho de forma eficaz.

Quer receber conteúdos de qualidade?

Inscreva-se em nosso newsletter e seja o primeiro a receber todas as novidades que surgirem por aqui em seu e-mail!

Segurança do trabalho Guia passo a passo para montar a SIPAT
, , ,
Acidentes de trabalho: 3 dicas para eliminá-los de forma eficaz
Profissional de RH: tudo que você precisa saber sobre a função

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Menu